FATORES ASSOCIADOS AO TABAGISMO EM USUÁRIOS DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

Erildo Vicente Müller, Makcine Timm da Silva, Clovis Regina Blanski Grden, Péricles Martins Reche, Pollyanna Kassia de Oliveira Borges, Jacy Aurélia Vieira de Souza

Resumo


Objetivou-se identificar fatores associados ao tabagismo em usuários da estratégia saúde da família. Estudo epidemiológico transversal, descritivo e analítico. A amostra por conveniência compreendeu 100 indivíduos usuários de uma Unidade Saúde da Família de um município da região centro sul do Paraná. Houve predomínio das mulheres (n=63; 63%), com média de idade de 49,5 anos, cor branca (n=82; 82%), com ensino fundamental completo (n=21; 21%) e casados (n=49; 49%). O consumo médio diário de cigarro foi de 17,7 cigarros/dia e 56 (56%) participantes apresentavam grau de dependência muito elevado ou elevado à nicotina. Constatou-se associação entre a média de tempo de tabagismo e idade (p=0,001), estado civil viúvo (p=0,035), colesterol elevado (p=0,035), uso de anti-hipertensivo (p=0,031) e grau de dependência a nicotina muito elevada (p=0,008). A identificação dos fatores associados ao tabagismo possibilita à equipe de saúde buscar e planejar estratégias de prevenção, tratamento e acompanhamento dos tabagistas.

Palavras-chave


Tabagismo; Hábito de fumar; Saúde da família; Tabaco; Estudos transversais.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i4.50600 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133