TENDÊNCIA DA MORTALIDADE POR ACIDENTES DE TRANSPORTE TERRESTRE EM IDOSOS NO BRASIL

Giovana Aparecida de Souza Scolari, Flávia Maria Derhun, Diogo Francisco Rossoni, Thais Aidar de Freitas Mathias, Carlos Alexandre Molena Fernandes, Lígia Carreira

Resumo


objetivo foi analisar a tendência da mortalidade por acidentes de transporte terrestre em idosos brasileiros no período de 1996 a 2013. Estudo ecológico, de séries temporais com dados secundários captados pelo Sistema de Informação sobre Mortalidade, em abril de 2015, referentes aos óbitos por acidentes de transporte. Houve 88.273 óbitos por acidentes de transporte terrestre no período estudado entre idosos brasileiros. Todas as regiões apresentaram crescente tendência de mortalidade por acidentes de transporte, tendo o Nordeste a maior tendência, seguida do Sul, Norte, Sudeste e Centro-Oeste. Os resultados apontam a importância da vigilância de acidentes de transporte no apoio à implementação de políticas efetivas na promoção da saúde, prevenção e redução destes eventos.


Palavras-chave


Acidentes de trânsito; Mortalidade; Idoso; Estudos de Séries Temporais; Enfermagem Geriátrica.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i3.50170 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133