UM MARCO CONCEITUAL AO TRABALHO DA ENFERMAGEM NA CENTRAL DE MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO

Samanta Andrine Marschall Taube, Ivete Palmira Sanson Zagonel, Marineli Joaquim Méier

Resumo


ACentral de Material e Esterilização (CME) é
um setor de serviços de saúde que possui saberes e práticas
específicos ao seu processo de trabalho, e são passíveis de
reflexões que podem ser realizadas por meio do estudo das
teorias de enfermagem, de seus conceitos (percepções,
definições) e proposições (deduções, propostas), formando
um marco conceitual. Esta reflexão teórica tem por objetivos
compreender os conceitos que envolvem o processo de
trabalho da enfermagem na CME. Após a apropriação e
discussão pelas autoras dos conceitos que formam o
metaparadigma da enfermagem, ser humano, ambiente,
processo saúde-doença e enfermagem, foi possível a
reflexão de conceitos que podem ser adaptados à prática
da CME e se tornarem uma ferramenta para entender a
importância de seu trabalho e subsidiar a prática da
enfermagem na área.

Palavras-chave


Trabalho; Enfermagem; Prática profissional; Central de Material e Esterilização; Teoria de enfermagem; Working process; Center of Material and Sterilization; concepts; propositions; nursing; Proceso de Trabajo; Central de Material y Esterilización

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v10i2.5013 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133