PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM E A INTERNAÇÃO PSIQUIÁTRICA EM HOSPITAL GERAL: PERCEPÇÕES E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL

Marciana Fernandes Moll, Lucas Duarte Silva, Felipe Henrique de Lima Magalhães, Carla Aparecida Arena Ventura

Resumo


Objetivando verificar como a equipe de enfermagem percebe a internação psiquiátrica no hospital geral e identificar sua capacitação profissional para lidar com a pessoa com transtorno mental e/ou que fazem uso prejudicial de álcool e outras drogas, desenvolveu-se este estudo qualitativo. A coleta de dados ocorreu nos meses de maio a julho de 2016, em hospital geral do estado de Minas Gerais e participaram 31 profissionais de enfermagem. Utilizou-se a entrevista semiestruturada para a obtenção dos dados que foram submetidos à análise de conteúdo e análise temática. Verificou-se que os participantes têm dificuldades em aceitar a internação psiquiátrica no hospital geral, o que se relaciona à possível inaptidão para oferecer cuidados direcionados à pessoa com transtorno mental. Sendo assim, faz-se necessário o desenvolvimento de planejamento educativo, sobretudo para os técnicos de enfermagem, com vistas a qualificá-los para cuidar dessas pessoas.

Palavras-chave


Enfermagem; Psiquiatria; Hospitalização; Percepção; Capacitação.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i2.49933 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133