PERCEPÇÕES VALORATIVAS DE PRÁTICAS EM BANCO DE LEITE HUMANO

Tuâny Figueiredo Marinho, Valdecyr Herdy Alves, Maria Bertilla Lutterbach Riker Branco, Diego Pereira Rodrigues, Rosângela de Mattos Pereira, Giovanna Rosario Soanno Marchiori

Resumo


O estudo objetivou identificar e analisar as percepções valorativas dos profissionais de saúde que atuam no Banco de Leite Humano sobre suas práticas. Trata-se de estudo descritivo de natureza qualitativa, cujos participantes foram 24 profissionais de saúde atuantes em Banco de Leite Humano do estado do Rio de Janeiro. A coleta de dados foi realizada nos meses de julho de 2012 a fevereiro de 2013 por intermédio de entrevista semiestruturada. Na análise de conteúdo temática dos depoimentos, emergiram três categorias: A prática de orientação do aleitamento materno; Doação, pasteurização e distribuição do leite humano: cuidado nutricional; e Afetividade no aleitamento materno como facilitador do vínculo mãe-filho. Os profissionais entrevistados demonstram satisfação com o trabalho que realizam e com o envolvimento em todas as atividades pertinentes ao Banco de Leite Humano.


Palavras-chave


Aleitamento materno; Leite humano; Saúde da mulher; Obstetrícia.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i1.48679 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133