SENSIBILIDADE MORAL DOS ENFERMEIROS AVALIADA POR SCOPING REVIEW

Carlise Rigon Dalla Nora, Elma Zoboli, Margarida Maria Vieira

Resumo


Esse estudo tem como objetivo identificar os fatores que influenciam a sensibilidade moral dos enfermeiros nos serviços de saúde, a partir de publicações sobre a temática. Para tanto, realizou-se uma scoping review no período de agosto a dezembro de 2015 em bases de dados da literatura em saúde. Foram incluídos artigos teóricos e originais realizados com estudantes de Enfermagem e equipes de saúde com enfermeiros, publicados em inglês, espanhol e português. A amostra foi de 28 estudos. Da análise, resultaram duas categorias: “fatores pessoais” e “fatores contextuais” da sensibilidade moral. Conclui-se que o fator que tem maior peso na formação/expressão da sensibilidade moral dos enfermeiros são os “fatores pessoais”. A sensibilidade moral tem uma natureza multidimensional, e que precisa ser complementada com uma preparação do enfermeiro para identificar e lidar de forma responsável e prudente com os problemas éticos da prática.


Palavras-chave


Moral; Desenvolvimento moral; Ética de enfermagem; Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i2.47162 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133