PRECAUÇÕES ESPECÍFICAS PARA EVITAR A TRANSMISSÃO DE MICRORGANISMOS: DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO DE ROTEIRO EDUCACIONAL

Luize Fábrega Juskevicius, Maria Clara Padoveze

Resumo


O objetivo deste estudo foi desenvolver e validar o conteúdo do roteiro educativo para indivíduos em precauções específicas para evitar a transmissão de microrganismos. Estudo metodológico, desenvolvido em três fases,em dois hospitais (público e privado) na cidade de São Paulo, no período de maio a julho de 2015, utilizando o referencial teórico de Vulnerabilidade. Na primeira fase, aplicou-se questionário para captação das percepções dos indivíduos adultos sobre precauções específicas. Na segunda fase, elaborou-se o roteiro educativo. Na terceira fase, foi submetido a especialistas em precauções específicas e vulnerabilidade para validação de conteúdo. Foram entrevistados39 indivíduos em média sete dias após a instituição das precauções específicas, 32 (82%) em precaução para contato. O roteiro foi desenvolvido para proporcionar maior conhecimento nos aspectos usualmente negligenciados pelos profissionais e estimular o cuidado centrado no indivíduo. Todos os itens tiveram um índice de validade de conteúdo acima de 75%. O roteiro apresenta potencial para instrumentalizar profissionais na elaboração de ações educativas para pacientes adultos em precauções específicas.

Palavras-chave


Vulnerabilidade em saúde; Precauções universais; Acesso à informação; Participação do paciente; Educação em saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i4.47060 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133