Open Journal Systems

APLICAÇÃO DOS CONCEITOS BOURDIEUSIANOS DE CAMPO, HABITUS E CAPITAL, AO CAMPO DA ENFERMAGEM

Vera Lúcia de Oliveira Gomes, Vânia Marli Schubert Backes, Marta Regina de Cezar Vaz

Resumo


Este estudo teve como objetivo compreender e
interpretar os conceitos bourdieusianos de campo, habitus
e capital, aplicando-os ao campo de Enfermagem. Apreendeu-
se que, à semelhança de outros, o campo da Enfermagem
é movido por interesses, entre eles, o de acumular saberes,
ou seja, capital científico. O conceito de habitus
mostrou- se apropriado para fundamentar estudos referentes
ao processo de cuidar em Enfermagem. Nesse sentido,
a formação acadêmica, a estrutura dos serviços, os habitus
de classe dos profissionais e os dos clientes precisam ser
constantemente considerados, questionados e confrontados
para que o processo de cuidar se atualize e acompanhe a
evolução do conhecimento no campo científico. Considerando-
se que o habitus é incorporado principalmente nos
primeiros anos de vida, é no processo de cuidar crianças
que seu emprego é mais promissor com vistas à incorporação
de habitus promotores de saúde e qualidade de vida.

Palavras-chave


Campo; Habitus; Capital; Cuidar; Field; Habitus; Capital; Care; Campo; Habitus; Capital; Cuidar

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v10i1.4685