SEGURANÇA DO PACIENTE: ANÁLISE DOS GRUPOS DE PESQUISA

Aline Natalia Domingues, Lilian Regina de Carvalho, Sílvia Helena Zem-Mascarenhas

Resumo


O objetivo desse estudo foi verificar as características dos grupos de pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico que trabalham com a segurança do paciente na área da saúde e na enfermagem. Trata-se de um estudo documental, exploratório-descritivo, de natureza quantitativa, realizado por meio do acesso de todos os grupos de pesquisa do Brasil cadastrados no Diretório dos Grupos de Pesquisa do site institucional. A coleta de dados ocorreu em dezembro de 2015, os dados foram armazenados em planilha da Microsoft Excel® e a análise resultou na identificação de 22 grupos de pesquisa. A mobilização e busca do conhecimento articulado com a prática assistencial, ensino e pesquisa são essenciais para se realizar e desenvolver ações que transformem o contexto da saúde em âmbito nacional, tendo a segurança do paciente como principal objetivo.

Palavras-chave


Segurança do paciente; Enfermagem; Grupos de pesquisa; Educação; Pesquisa em Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico [página da Internet]. Brasília: CNPq: 2014 [atualizado 2014; acesso 2015]. Disponível em: http://lattes.cnpq.br/web/dgp/home.

Erdmann AL, Lanzoni GMM. Características dos grupos de pesquisa da enfermagem brasileira certificados pelo CNPq de 2005 a 2007. Esc. Anna Nery [Internet]. 2008 June [cited 2016 Mar 01]; 12(2): 316-322. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452008000200018&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452008000200018.

Fermo VC, Radünz V, Rosa LM, Marinho MM. Cultura de segurança do paciente em unidade de Transplante de Medula Óssea. Rev. Bras. Enferm. [internet]. 2015. V68 no.6

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672015000601139.

World Health Organization (OMS) (CH), World Alliance for Patient Safety. Summary of the evidence on patient safety: implications for research. Geneva; 2008. Disponível em: http://www.who.int/patientsafety/information_centre/20080523_Summary_of_the_evidence_on_patient_safety.pdf

Ministério da Saúde (BR), Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2011.

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº. 529, de 1 de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) [Internet]. Diário Oficial da União 1 abr 2013 [acesso em 05 de janeiro de 2016]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt0529_01_04_2013.htm

Sá-Silva JR, Almeida CD, Guindani JF. Pesquisa documental: pistas teóricas emetodológicas. Rev Bras Hist Ciênc Soc. 2009; 1(1):1-14.

Alvez-Mazzotti AJ, Gewandsznajder F. O método nas ciências naturais e sociais. Pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira Thomson; 1999.

Godinho MR, Greco Rm, Gonçalves ÂMC. Enfermagem e Saúde do Trabalhador: Análise dos Grupos de Pesquisa. Rev Rene, Fortaleza, 2011 out/dez; 12(4):825-32.

Brasil. Ministério da Ciência e Tecnologia. Perguntas frequentes - Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil, 2015. Disponível em: . Acesso em: 05 dez. 2015.

Mota FRL, Pinto VB, Silvestre LJB. A configuração da cientificidade da informática em saúde no Brasil: um estudo dos grupos de pesquisa. In: Anais do XIII Congresso Brasileiro em Informática em Saúde CBIS, 2012, Curitiba: Brasil.

Canever BP, et al. Caracterização dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem do estado de são paulo. Texto contexto – Enfer. 2014; Florianópolis, v. 23, n. 1, p. 21-28.

Barreira IA. A pesquisa em enfermagem no Brasil e sua posição em agência federal de fomento. Rev Latino Am Enfermagem. 1993 Jan; 1 (1):51-7.

Urbanetto JS, Gerhdart LM. Segurança do paciente na tríade assistência ensino pesquisa. [Editorial]. Rev Gaúcha Enferm. 2013;34(3):8-9.

Cassiani SHB. Enfermagem e a Pesquisa sobre Segurança dos Pacientes. Acta paul. enferm. [Internet]. 2010 [cited 2016 Mar 01] ; 23( 6 ): vii-viii. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002010000600001&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002010000600001.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i5.45680 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133