USO DA MOXABUSTÃO E ACUPUNTURA EM GESTANTES COM APRESENTAÇÃO PÉLVICA: REVISÃO INTEGRATIVA

Mariana Haddad Rodrigues, Vivian Inácio Zorzim

Resumo


O objetivo deste estudo foi conduzir uma revisão integrativa a fim de identificar publicações sobre a moxabustão e acupuntura para versão de fetos em apresentação pélvica. A ferramenta de pesquisa Paciente, Intervenção, Comparação e Desfecho, disponibilizada pela base de dados da Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, foi utilizada para gerar uma lista de artigos. As palavras utilizadas para a busca foram os termos breech, moxibustion, acupuncture e cephalic. A busca foi realizada no mês de março de 2016. Foram encontrados 24 registros, 18 foram analisados, dentre os quais sete foram favoráveis ao uso da moxabustão, e cinco, desfavoráveis. A partir dos estudos realizados sobre o tema, há evidências de que a moxabustão seja segura e efetiva para tentar “corrigir” apresentações pélvicas, apresentando-se como uma ferramenta no complemento da assistência prestada por profissionais na área da obstetrícia.


Palavras-chave


Versão fetal; Artemísia; Enfermagem obstétrica; Pontos de acupuntura.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i1.45534 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133