Open Journal Systems

O PROCESSO DE ACONSELHAMENTO EM DST, HIV E AIDS E SUA INTER-RELAÇÃO COM OS PADRÕES DE CONHECIMENTO DA ENFERMAGEM – UMA CONEXÃO

Maria Rita C.B. Almeida, Liliana Maria Labronici, Ivete Palmira Sanson Zagonel

Resumo


Artigo de reflexão que tem como objetivo inter-relacionar a prática do processo de aconselhamento aos quatro padrões de conhecimento da Enfermagem, o empírico, estético, pessoal e ético propostos por CARPER (1978) O processo de aconselhamento em DST, HIV e AIDS compreende uma relação de ajuda e cuidado para com o outro, com a finalidade de resgatar a integralidade da pessoa, descobrir suas potencialidades, fortalecer sua autonomia e responsabilidade no desenvolvimento do autocuidado, bem como a transformação na adoção de hábitos mais seguros com vistas a prevenção das DST, do HIV e da AIDS. O aconselhamento pressupõe a existência de uma postura e atitude profissional que constitui diretrizes para esta prática, quais sejam: o exercício do acolhimento, a escuta ativa, a comunicação competente, a avaliação de riscos e reflexão conjunta sobre alternativas para novos hábitos de prevenção e a orientação sobre aspectos clínicos e do tratamento O processo de aconselhamento exige do enfermeiro a aquisição de conhecimentos, competência e habilidades pertinentes à área para que o cuidado possa ser efetivado de forma a contemplar a multidimensionalidade de aspectos envolvidos na vivência de cada ser.

Palavras-chave


Aconselhamento; Enfermagem; HIV; AIDS; Cuidado.

Texto completo:

PDF