O PROCESSO PSICOSSOCIAL FAZ A DIFERENÇA NA COMPREENSÃO E NA EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE DE PESSOAS COM DOENÇAS CRÔNICAS

Nágela Valadão Cade

Resumo


Este é um estudo descritivo que aborda as características da doença crônica e a necessidade de seus portadores participarem ativamente do tratamento, modificando seus comportamentos. Considerando a complexidade dos comportamentos, propõe-se que os profissionais de saúde se envolvam com a educação em saúde dentro de uma perspectiva psicossocial, por essa possibilitar planos de intervenção voltados tanto para a realidade objetiva, como subjetiva, indo ao encontro às reais necessidades dos indivíduos.


Palavras-chave


Doença crônica; Educação em saúde; Enfermagem; Apoio social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v3i1.44257 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536