Open Journal Systems

FAMILIARES DE PESSOAS COM ESQUIZOFRENIA: SENTIMENTOS E ATITUDES FRENTE AO COMPORTAMENTO AGRESSIVO

Mariana Campos Campana, Marcos Hirata Soares

Resumo


Conhecer as dificuldades vivenciadas pela família constitui-se em necessidade iminente à consolidação
do processo de reabilitação psicossocial. Trata-se de pesquisa qualitativa para conhecimento e análise de formas de
enfrentamento de familiares perante o comportamento agressivo de seus parentes, e os sentimentos que tais situações
geram. Como instrumento de coleta de dados empregou-se roteiro de entrevista a dez familiares, residentes na área de
abrangência de uma Unidade Básica de Saúde, em Londrina, estado do Paraná, em 2012, cujo acompanhamento do
indivíduo com transtorno mental fosse realizado em algum serviço de saúde mental da cidade. Os resultados revelam
dificuldades de manejo de crises, busca por auxílio profissional e espiritual, assim como sentimentos em comum
à maioria, como a desesperança, o sofrimento, o medo de sofrer agressão, a solidão e o isolamento social. Com a
finalidade de aliviar tais dificuldades, acredita-se ser importante a intervenção do serviço de saúde no âmbito familiar.


Palavras-chave


Saúde mental; Relações familiares; Agressão.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v20i2.40374