PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO PACIENTE: AVALIAÇÃO DE USABILIDADE PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM

Janaina Verônica Lahm, Deborah Ribeiro Carvalho

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a usabilidade e as dificuldades encontradas por 99 profissionais
de enfermagem no manuseio de prontuário eletrônico do paciente. Pesquisa exploratória quantitativa a partir da
coleta de dados no período de julho a novembro de 2013. Os resultados demostram que 71% dos auxiliares/
técnicos e 70% dos enfermeiros não receberam treinamento específico; sendo que 56% da equipe, que respondeu
não ter recebido treinamento, apresenta dificuldade no uso. Dentre as características avaliadas de usabilidade do
prontuário eletrônico do paciente destacam-se positivamente a adequação à tarefa e negativamente à adequação
ao aprendizado. Portanto, o sistema avaliado, apesar dos avanços advindos, ainda se apresenta complexo para
o usuário que não recebeu treinamento, apesar de possuir interface consistente e interativa.


Palavras-chave


Enfermagem; Sistemas computadorizados de registros médicos; Avaliação.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v20i1.36485 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133