CONHECIMENTO DE ENFERMEIROS DE UNIDADES DE ATENÇÃO BÁSICA ACERCA DA TUBERCULOSE

Reinaldo Antonio Silva Sobrinho, Angélica Liliane Souza, Laís Mara Caetano Silva, Anneliese Domingues Wysocki, Aline Ale Beraldo, Tereza Cristina Scatena Villa

Resumo


O estudo quantitativo de corte transversal analisou o conhecimento de 30 enfermeiros da Atenção Básica a
Saúde sobre a tuberculose no município de Foz do Iguaçu, por meio de questionário semiestruturado aplicado de março à
abril de 2009. A maioria era do sexo feminino (93,3%), atuava em Unidade de Saúde da Família (73,3%) e relatou não ter
recebido treinamento em tuberculose (66,7%). A média de anos trabalhados na Atenção Básica à Saúde foi de 4,3 (DP = 3,7
anos). Verificou-se que o conhecimento dos profissionais em relação à prevenção, transmissão, diagnóstico e tratamento
da tuberculose foram superficiais, resultados que apontam para a necessidade de organização de capacitações na área.


Palavras-chave


Tuberculose; Enfermagem; Atenção primária à saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v19i1.35930 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133