PRODUÇÃO DE ENFERMAGEM SOBRE DEPRESSÃO PÓS-PARTO

Nadieli Daandels, Éder Luís Arboit, Isabel Cristina Pacheco van der Sand

Resumo


Revisão narrativa com objetivo de caracterizar estudos elaborados por enfermeiros sobre depressão pósparto. A busca das publicações ocorreu em duas bases de dados internacionais, utilizando-se os descritores depression,
postpartum enursing; a amostra do estudo constituiu-se de 15 artigos. Um dos interesses centrais dos enfermeiros está
na detecção precoce de mulheres com sinais preditivos de depressão; esse é destacado como um profissional que, pelo
contato frequente com puérperas, teria maior facilidade para realizar a triagem e oferecer aconselhamento acerca da
depressão. Percebe-se que os enfermeiros vêm se envolvendo com a produção de conhecimento sobre essa temática e
que a maioria dos estudos tem abordagem quantitativa. O conhecimento produzido tem se voltado, em especial, para a
detecção precoce da depressão, o que evidencia preocupação com questões da recuperação da saúde da mulher e promoção
do desenvolvimento adequado da criança.


Palavras-chave


Enfermagem; Depressão pós-parto; Saúde mental; Saúde da mulher.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i4.34937 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133