COMPETÊNCIA AVALIATIVA DO ENFERMEIRO PARA O RECONHECIMENTO E ENFRENTAMENTO DAS NECESSIDADES EM SAÚDE DAS FAMÍLIAS

Maria Marta Nolasco Chaves, Emiko Yoshikawa Egry

Resumo


Estudo exploratório, descritivo, ancorado na Teoria da Intervenção Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva,
objetivou identificar a competência avaliativa do enfermeiro para o reconhecimento e o enfrentamento das necessidades em
saúde das famílias. O local do estudo foi um Distrito Sanitário da capital paranaense. Os dados foram coletados em fontes
primárias e secundárias no período de junho de 2008 a julho de 2009. Os participantes da pesquisa foram 25 enfermeiras
de Unidades de Saúde. Os resultados indicam que o enfermeiro reconhece processos determinantes das necessidades
em saúde e do processo saúde-doença nas diferentes dimensões da realidade, singular, particular e estrutural, porém ao
intervir não os relaciona, e assim, direciona suas ações para a dimensão singular. Nas considerações finais os desafios
apontados são no sentido de capacitar os profissionais para promover intervenções que busquem reverter os processos
determinantes das necessidades em saúde dos usuários dos serviços de saúde local.


Palavras-chave


Competência profissional; Enfermeiros; Saúde pública; Atenção primária à saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i4.34929 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536