AÇÕES DE PREVENÇÃO DE CÂNCER DE MAMA ENTRE DOCENTES DE ENFERMAGEM

Sayane Marlla Silva Leite Montenegro, Maria Bernadete de Sousa Costa, Simone Helena dos Santos Oliveira, Leila de Cássia Fonseca, José Melquiades Ramalho Neto, Daniel Lima Farias

Resumo


Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, de natureza quantitativa, e teve por objetivo verificar ações de prevenção de câncer de mama entre 20 docentes de Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba. Os dados foram coletados em agosto e setembro de 2011, os resultados revelaram que entre as participantes a faixa etária prevalente foi de 40 a 50 anos e que 60% desempenham atividade exclusiva de docência. Constatou-se que 17(85%) participantes realizam exames de prevenção contra o câncer de mama, principalmente por meio da ultrassonografia mamária e mamografia, embora apenas 45% realizem o autoexame mensalmente. Os resultados apontam que as docentes não realizam ações de prevenção do câncer de mama na totalidade, evidenciando uma lacuna entre o que preconizam como profissionais de saúde e o exercido como mulheres.

Palavras-chave


Enfermagem; Prevenção de Câncer de Mama; Atenção Primária à Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i1.31318 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133