Open Journal Systems

SENTIMENTOS DA FAMÍLIA NA INTERAÇÃO COM A EQUIPE DE ENFERMAGEM

Teresa Cristina Gioia Schimidt, Marlucy Lima de Arruda

Resumo


Pesquisa transversal, de campo e qualitativa realizada entre agosto e setembro de 2011 com 30 familiares que vivenciavam a experiência de ser acompanhante em hospital, com o objetivo de verificar seus sentimentos na interação com a enfermagem, identificando pontos de interferência, expectativas e sugestões. Os resultados quantitativos da entrevista foram analisados com auxílio de estatística descritiva e os qualitativos analisados pelo método de análise de conteúdo de Bardin, resultando nas categorias Acolhimento e Comunicação eficiente-eficaz. Os pontos positivos foram relacionados à ação técnica e comportamento; os negativos, às condições administrativas e confusão do papel do acompanhante. As expectativas foram atendidas, apontando para percepção positiva e satisfatória da qualidade da assistência; as sugestões valorizaram os aspectos operacionais e interacionais. Concluiu-se que a percepção do acompanhante sobre a qualidade do atendimento prestado pela equipe de enfermagem foi boa, sendo os aspectos relacionais, os mais citados. 

Palavras-chave


Cuidados de enfermagem; Enfermagem familiar; Avaliação em saúde; Pesquisa qualitativa.

Texto completo:

PDF