MENSURAÇÃO DE HORAS DE TRABALHO DO ENFERMEIRO EM HOSPITAL FILANTRÓPICO TERCIÁRIO

Fernanda Novaes Moreno, Maria do Carmo Lourenço Haddad, Marli Terezinha Oliveira Vannuchi, Sabine Jenal, Suellen Karina de Oliveira Girotti

Resumo


Estudo quantitativo, exploratório e transversal objetivou mensurar o tempo empregado em atividades desempenhadas por enfermeiros de um hospital filantrópico terciário. Os dados foram coletados em 2010 por meio da observação direta e sistematizada do tempo despedido em atividades assistenciais, gerenciais e de apoio desses profissionais, durante 120 horas. Verificou-se que durante a jornada de trabalho os enfermeiros consumiram 39% do tempo em atividades administrativas, 33% em atividades assistenciais e 28% em atividades de apoio ou relacionadas ao atendimento a terceiros. A contribuição deste estudo se deu através do reconhecimento do papel desempenhado pelo enfermeiro durante a jornada de trabalho, o que possibilitou visualizar as lacunas entre suas atribuições legais e o processo de trabalho real, além de favorecer a gerência do dimensionamento desse profissional para a clientela atendida, a partir do diagnóstico situacional de como esse investe o tempo durante a jornada de trabalho.

Palavras-chave


Gerência; Serviços de enfermagem; Jornada de trabalho; Papel do profissional de enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v17i1.26374 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133