PROBLEMAS ÉTICOS NO CUIDADO AO PACIENTE CRÍTICO

Andréia Cerri, Hellen Roehrs, Karla Crozeta, Leila Maria Mansano Sarquis, Ligia Palu

Resumo


No atendimento ao paciente crítico a dramaticidade das situações torna a resolução dos problemas um ato complexo. Assim, o objetivo do estudo foi identificar os principais problemas éticos vivenciados pela enfermagem no cuidado ao paciente crítico hospitalizado. Pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa, com coleta de dados por meio de entrevista a 20 profissionais de enfermagem de uma unidade de urgência e emergência de um hospital de ensino em Curitiba/PR, de janeiro a março de 2010, as quais foram analisadas pela análise temática. Verificou-se: a falta de humanização no cuidado; dificuldade na comunicação da equipe multidisciplinar; quebra do sigilo profissional; formas inapropriadas de comunicação; dificuldades relacionadas ao direito de decisão; dificuldade na distribuição adequada de recursos na assistência; limitação financeira do paciente e da família que implica no cuidado. O reconhecimento desses problemas representa um primeiro passo de problematizar, sensibilizar e refletir a partir da percepção dos problemas éticos.

Palavras-chave


Ética baseada em princípios; Enfermagem; Cuidados críticos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i3.24222 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133