SIGNIFICADO DA EXPERIÊNCIA DE NÃO AMAMENTAR RELACIONADO ÀS INTERCORRÊNCIAS MAMÁRIAS

Liliany da Silva Quirino, Joseph Dimas de Oliveira, Maria de Fátima Esmeraldo Ramos de Figueiredo, Glauberto da Silva Quirino

Resumo


Objetivou-se relatar a vivência de mulheres na prática do aleitamento materno, descrever os sentimentos vivenciados pelas não amamentaram e apreender o significado de não amamentar. Estudo descritivo, com abordagem qualitativa, realizado em Equipes de Saúde da Família, de Juazeiro do Norte-Ceará, com a participação de cinco mulheres que não estavam amamentando devido a intercorrências mamárias. Para a coleta de dados utilizaram-se formulário e entrevista semiestruturada com análise temática de conteúdo; emergindo as categorias Vivência das mulheres na prática de aleitamento; Sentimentos vivenciados pelas mulheres e Significado de não amamentar. Os sentimentos atribuídos pelas participantes e o seu significado de não amamentar foram: tristeza, impotência, dor, alívio da obrigação, sossego. Considera-se que a amamentação é um processo contínuo de adaptação, ensino e aprendizagem e fortemente influenciada por fatores sociopsico-culturais, ideológicos e pessoais, e isso exige dos profissionais de saúde entendimento e capacitação para o tema.

Palavras-chave


Aleitamento materno; Desmame; Lactente; Enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i4.21927 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536