CARACTERIZAÇÃO DAS AGRESSÕES E FERIMENTOS ATENDIDOS PELO SIATE NA CIDADE DE LONDRINA-PR

Julia Wakiuchi, Eleine Aparecida Penha Martins

Resumo


Para compreender a relação entre agressões e ferimentos e o dia-a-dia, este estudo busca caracterizar as agressões, os ferimentos por arma branca e de fogo ocorridos em 2007. É um estudo descritivo, retrospectivo, com análise das ocorrências atendidas pelo Serviço de Atendimento ao Trauma em Emergência, na cidade de Londrina-Paraná. Entre elas, (54,1%) eram agressões; (32,5%), ferimentos por arma de fogo e (13,4%), ferimentos por arma branca, todas mais prevalentes em vítimas do sexo masculino e em idade reprodutiva. Os períodos mais críticos foram o noturno (65,6%) e os finais de semana. As principais lesões encontradas foram, nas agressões, ferimentos corto – contusos em crânio (35,2%); e nos ferimentos por arma branca e arma de fogo, os penetrantes em tórax (9,9% e 26%, respectivamente). O estudo sugere ações de prevenção de violência nas áreas mais afetadas da cidade, além de ações educativas para a diminuição do consumo de álcool.


Palavras-chave


Primeiros Socorros; Ferimentos e Lesões; Violência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i4.21288

 Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133
 
Siga a Revista Cogitare Enfermagem:
 
 
 
  
 https://www.youtube.com/channel/UC2sNflu71WG2-JzMTHIe9QA?view_as=subscriber