Open Journal Systems

DESEMPENHO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA EM IDOSOS COM ALZHEIMER

Maria Helena Lenardt, Scheilla Cristina da Silva, Márcia Daniele Seima, Mariluci Hautsch Willig, Patrícia Aparecida de Oliveira Fuchs

Resumo


Trata-se de estudo descritivo transversal realizado num Centro de Referência em Doença de Alzheimer do Município de Curitiba, Paraná, cujo objetivo foi avaliar o desempenho das atividades básicas e instrumentais de vida de idosos com Alzheimer. Os dados foram coletados por meio das Escalas de Katz e Lawton e analisados utilizando-se estatística descritiva; a amostra de conveniência foi composta por 55 idosos. Os resultados revelaram que 40% eram independentes para Atividades Básicas de Vida Diária; 3,6% totalmente dependentes e 56,4% parcialmente dependentes. Concernente às Atividades Instrumentais de Vida Diária, 1,8% dos idosos foram considerados independentes; 27,3% totalmente dependentes e 70,9% parcialmente dependentes. Os resultados fornecem subsídios para uma leitura efetiva das reais necessidades destes idosos diante do planejamento de estratégias para protelar a evolução de incapacidades.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i1.21106