A UTILIZAÇÃO DA BIBLIOMETRIA NA ANÁLISE DO REFERENTE CONFORTO

Danielle Copello Vaz, Carlos Roberto Lyra da Silva, Nébia Maria Almeida de Figueiredo

Resumo


A partir do Estado da Arte desenvolvido durante a elaboração da tese “Conceito de conforto na perspectiva de clientes e enfermeiras em unidades de internação hospitalar”, foi possível detectar a precária quantidade de produtos científicos acerca do conforto como objeto de investigação em Enfermagem. Diante do exposto, este trabalho tem como objetivo identificar as formas de utilização da palavra conforto na produção científica nacional e internacional. Trata-se de um estudo bibliométrico de abordagem quantitativa. Dos 535 resumos encontrados, 142 pertenciam à Enfermagem. Os resultados revelam que houve um aumento do número de produções a partir da década de 90, principalmente na região sudeste, e que a maioria das publicações foi em português. A palavra conforto não é reconhecida como um descritor; sendo assim, o descritor que mais foi utilizado pelos autores em seus estudos foi cuidado. Conclui-se que houve um aumento expressivo da produção científica na área da Enfermagem.

Palavras-chave


Bibliometria; Cuidados de conforto; Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v15i4.20378 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133