CONHECIMENTO DE MULHERES QUE FAZEM SEXO COM MULHERES SOBRE O PAPILOMAVÍRUS HUMANO

Daniela Comelis Bertolin, Rita de Cássia Helú M. Ribeiro, Claudia Bernardi Cesarino, Dayana Coelho da Silva, Dilma de Oliveira Prado, Eva Socorro Parro

Resumo


Estudo quantitativo e descritivo, que teve como objetivo verificar o conhecimento de mulheres que fazem sexo com mulheres sobre as formas de transmissão, prevenção e fatores de risco relacionados ao papiloma vírus humano (HPV). Foi realizado com 31 mulheres residentes no Município de São José do Rio Preto, Estado de São Paulo. Os dados foram coletados por meio de questionário estruturado com 17 questões, analisados com auxílio do programa estatístico Statistical Package of Social Sciences e estatística descritiva. Constatou-se que a média de idade das mulheres foi de 39,5 anos, e que 52% possuíam entre 9 e 11 anos de estudo. Em relação ao conhecimento, 68% das mulheres não sabiam o significado do HPV, 58% acreditavam que a camisinha protege totalmente, e 45% responderam que o Papanicolau deve ser realizado duas vezes ao ano. Concluiu-se que há vulnerabilidade para contaminação por HPV devido à exposição aos fatores de risco e falta de conhecimento.

Palavras-chave


Homossexualidade feminina; Doenças sexualmente transmissíveis; Homossexualidade; Conhecimento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v15i4.20377 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133