AÇÕES DE EDUCAÇÃO PERMANENTE DESENVOLVIDAS PARA OS AGENTES COMUNITARIOS DE SAÚDE

Maíra Rossetto, Luiz Anildo Anacleto da Silva

Resumo


Nesta pesquisa, delineada como qualitativa, descritiva e exploratória, objetivou-se conhecer as ações de educação permanente em saúde que vêm sendo desenvolvidas para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e, especificamente, como estas podem influenciar o seu processo de trabalho. A amostra de 26 sujeitos de duas equipes da Estratégia Saúde da Família e do Programa de Agentes Comunitários de Saúde do Município de Palmeira das Missões - Rio Grande do Sul ocorreu pelo método intencional. A análise dos dados, coletados por meio de questionário, permitiu a construção de duas unidades temáticas: ações de educação permanente; intersecção entre educação permanente em saúde e processo de trabalho. Conclui-se que as ações de educação permanente são ofertadas de duas formas, ambas assistemáticas, não contínuas e de base tecnicista. Em referência ao processo de trabalho, os ACS entenderam a educação permanente em saúde, como muito importante na resolução de problemas e na atenção aos usuários.

Palavras-chave


Enfermagem; Educação em saúde; Enfermagem em saúde pública; Pesquisa em educação de enfermagem; Educação continuada

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v15i4.20376 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133