Open Journal Systems

A REDESCOBERTA DA MATERNIDADE POR MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: UMA POSSIBILIDADE EXISTENCIAL

Liliana Maria Labronici, Tatiane Herreira Trigueiro, Maria Lúcia Raimondo, Débora Fegadoli, Janete Maria da Silva Batista

Resumo


Trata-se de pesquisa qualitativa com abordagem fenomenológica, desenvolvida de outubro a dezembro de 2008, com cinco mulheres vítimas de violência doméstica residentes em uma casa abrigo de Curitiba, Estado do Paraná. Teve como objetivo desvelar o significado de ter morado em uma casa abrigo para mulheres vítimas de violência. Os discursos foram obtidos mediante entrevistas gravadas, e da sua análise emergiu o tema: A redescoberta da maternidade por mulheres vítimas de violência doméstica: uma possibilidade existencial. O caminho percorrido possibilitou perceber que as mulheres vítimas de violência têm dificuldade em se relacionar com seus filhos quando convivem com o agressor, porquanto a violência sofrida modifica o ser e estar no mundo, tornando-as agressivas e menos sensíveis; a maternidade é um papel que foi redescoberto e reaprendido porque as mulheres encontraram um ambiente harmonioso e acolhedor que propiciou a reflexão existencial entre passado e presente, e também o resgate da autoestima e autoimagem.

Palavras-chave


Enfermagem; Violência doméstica; Saúde pública

Texto completo:

PDF