RISCO DE INTEGRIDADE DA PELE PREJUDICADA EM IDOSOS HOSPITALIZADOS

Suelen Gomes Malaquias, Maria Márcia Bachion, Adélia Yaeko Kyosen Nakatani

Resumo


A higidez da pele é fundamental para a manutenção da saúde humana. Com o envelhecimento e a vigência de

internação hospitalar, o idoso encontra-se exposto ao “Risco de integridade da pele prejudicada”. Este estudo objetivou

analisar a ocorrência do diagnóstico de Enfermagem “Risco de integridade da pele prejudicada” em idosos hospitalizados.

Trata-se de estudo descritivo, realizado em um hospital-escola de Goiânia, estado de Goiás, de maio a junho de 2007. Para

a coleta de dados foi utilizado um instrumento contendo dados sóciodemográficos e clínicos relativos aos fatores de risco

do Diagnóstico de Enfermagem (DE) estudado. Participaram 23 idosos, sendo 56,52% do sexo feminino, na faixa etária

entre 70 e 79 anos (60,87%). Foi identificado o DE estudado em 100% dos participantes. Encontrou-se fatores de risco que

se configuram em alterações decorrentes do processo de envelhecimento, de exposição a ações ou eventos extrínsecos,

estilo de vida e comportamentos em saúde.


Palavras-chave


Idoso; Enfermagem; Diagnóstico de enfermagem; Pele=pt; Aged; Nursing; Nursing diagnosis; Skin=en; Anciano; Enfermería; Diagnóstico de enfermería; Piel=es

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v13i3.13040 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133