História do Brasil como saber escolar nos livros didáticos dos exames de admissão ao Ginásio (1931-1971) / History of Brazil as school knowledge in the textbooks of middle school entrance exams (1931-1971)

Cristiani Bereta da Silva

Resumo


Neste artigo analisa-se a constituição da história do Brasil como saber escolar em dois livros didáticos usados nos estudos preparatórios para os exames de admissão ao ginásio. Destinados a estudantes e professores, os livros Programa de Admissão (Cia. Editora Nacional) e Admissão ao Ginásio (Editora do Brasil S/A) tiveram dezenas de edições e milhares de tiragens. Ambos aparecem como índices de memória em muitas narrativas orais e escritas de pessoas que estudaram e/ou atuaram como docentes nas décadas de 1930 a 1970. Parte-se do pressuposto que os dispositivos de funcionamento desses exames provocaram mudanças tanto na organização do currículo quanto nas finalidades de cada disciplina selecionada para os testes. Certamente, as escolhas dos conteúdos, feitas pela instituição de ensino secundário – a partir dos programas oficiais – contribuíram para reorganizar os saberes escolares também no primário, haja vista a necessidade de preparação para os exames realizada tanto no ensino regular quanto em cursinhos ministrados para preparar as crianças – aquelas que podiam pagar – para os exames. Nesse exercício serão mobilizadas, principalmente, as categorias de cultura escolar e cultura histórica, bem como o conceito de representação. Acredita-se que a investigação e o estudo desses manuais didáticos sejam capazes de contribuir para a inteligibilidade não apenas dos processos de constituição e de consolidação da história do Brasil como saber escolar, mas principalmente as variadas formas de sua difusão e apropriação, no passado. 

* * *

The present article aims at analyzing the construction of Brazilian history as school knowledge in two textbooks used in preliminary studies for middle school entrance exams. Designed for students and teachers the textbooks of the Admission Program (Cia. Editora Nacional) and Middle School Admission (Editora do Brasil S/A) had dozens of editions and thousands of runs. Both books appear in many oral and written recollections of students and teachers between the 1930s and 1970s. We begin by assuming that the exams' working devices incited changes both in the curricular structure and in the functions of each subject selected for the exams. The subjects chosen by the secondary education institutions – following official regulations – surely contributed to reorganize school knowledge as early as primary education, considering students' need to prepare for the exams, both in regular education and, for those who could afford them, private preparatory courses.  To conduct such an exercise, the categories of educational and historical culture, as well as the concept of representation, will be employed. We believe that researching and studying these textbooks can contribute to an understanding of not just constitution and reinforcement processes of Brazilian history as school knowledge, but mainly of the many forms of its diffusion and appropriation in the past.


Palavras-chave


História do Brasil; Saber escolar; Livros didáticos; Exames de admissão ao ginásio / History of Brazil; School knowledge; Textbooks; Middle school entrance exams

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rhhe.v2i5.57643

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Internacional
 
____________________________________________________
Rede social:
 
 
 
____________________________________________________
Revista de História e Historiografia da Educação
GT de História da Educação - Associação Nacional de História
Rua Rockefeller, 57, 2º andar, Sala 237 - Campus Rebouças
Curitiba - Paraná - Brasil - CEP 80230-130
Contato: gthe.anpuh@gmail.com