Open Journal Systems

A infância no filme O Contador de Histórias: uma abordagem sociológica

Sônia Maria Fernandes dos Santos

Resumo


Este artigo pretende suscitar reflexão a respeito das diferentes formas em que a criança é percebida nas produções cinematográficas, particularmente na película O contador de histórias (2009), na tentativa de contribuir para o repertório de investigações sobre infância, bem como tentar compreender padrões sociais e de comportamentos no que se refere à infância e sua história – uma vez que muitos aspectos da infância contemporânea descendem do passado. Os estudos sobre infância alcançaram uma dimensão significativa e, com isso, têm proporcionado contribuições expressivas sob diversos enfoques, neste sentido, faz-se necessário estudar a infância, em perspectivas variadas, para tentarmos perceber os diferentes fenômenos sociais que dizem respeito à construção do sujeito criança. A escolha em repousar nossas análises em um filme é por acreditar que pelos filmes há a possibilidade da construção de representações sociais, bem como um forte potencial para influenciar comportamentos, isto é, os filmes têm a qualidade de registrar o passado e o contexto social e também de criar reminiscências históricas próprias. O aporte teórico para este estudo está baseado na Sociologia da Infância, uma vez que este campo “...insere-se decisivamente na construção da reflexividade contemporânea sobre a realidade social”, e devido ao fato que “as crianças constituem uma porta de entrada fundamental para a compreensão dessa realidade” (SARMENTO, 2009, p. 19). 

The childhood in the film O Contador de Histórias: a sociological approach. This article aims to encourage reflexion about the differents ways in which children is noticed in cinematographic productions, especially in the film O contador de histórias (Luiz Villaça, Brazil, 2009), in an attempt to contribute to the research's repertoire of childhood, as well as try to understand social and behaviour standarts regarding childhoos and it's history - once that many childhood contemporary's aspects descendants of the past. The studies about childhood reached a significative dimension and, with that, have provided significant contributions under various focuses, in this sense, it's necessary to study childhood, in different perspectives, to try to understand the different social phenomena that relate to the construction of the subject child. The choice to rest our analysis in a movie is to believe that the films are the possibility of social representation's constrution, as well as a strong potential to influence behaviour, that is, films have the quality to record the past and the social context, but also, to create own historical reminiscences. The theoretical basis for this study is based on the Sociology of Childhood, since this field "...inserts decisively in the construction of modern reflexivity of social reality" and, due to the fact that "children form a fundamental gateaway to the understanding of this reality" (SARMENTO, 2009, p. 19). Keywords: Childhood; Cinema; Childhood's Sociology.


Palavras-chave


Infância; Cinema; Sociologia da Infância

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rhhe.v1i1.46655

Apontamentos

  • Não há apontamentos.