Open Journal Systems

SALÁRIO-EDUCAÇÃO E A DESIGUALDADE NO REPASSE DA QUOTA ESTADUAL/MUNICIPAL

Carlos Antonio Diniz Júnior

Resumo


Este estudo tem por objetivo analisar a distribuição da quota estadual/municipal do Salário-Educação no período de 2010 a 2020.De natureza quantitativa e qualitativa, a investigação teve por base a pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e dados coletados no site oficial do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Foram analisados os ordenamentos normativos que tratam da regulamentação do Salário-Educação (BRASIL, 1964, 1975, 1988, 1996, 1997, 1998, 2003 e 2006). Tomaram-se por base estudos que tratam do financiamento da educação básica brasileira (MENEZES; DINIZ JÚNIOR; SOUZA; IGLESIAS, 2022; CURY; BORDIGNON, 2020; DAVIES, 2009, FARENZENA, 2017). Entre os resultados, destaca-se a compreensão de que a distribuição da quota estadual/municipal, como elemento da política de financiamento da educação básica, apresenta a marca do sistema tributário brasileiro – que desconsidera as assimetrias regionais presentes nos país – e, ainda, contribui para o aprofundamento das desigualdades educacionais.


Palavras-chave


Salário-Educação; Financiamento da Educação; Quota estadual/municipal; Desigualdade.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Fernando de Holanda. A crise econômica de 2014/2017. Estudos avançados, v. 31, p. 51-60, 2017.

CDES – CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL. Indicadores de Equidade do Sistema Tributário Nacional. Relatório de observação nacional nº 01. Brasília, 2011.

CURY, Carlos Roberto Jamil; BORDIGNON, Genuíno. Salário-Educação: um mecanismo de financiamento. Arquivo Brasileiro de Educação, v. 8, n. 17, 2020, p. 486-525. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/arquivobrasileiroeducacao/article/view/24027. Acesso em: 19 jun. 2023.

DAVIES, Nicholas. O salário-educação: fragilidades e incoerências. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 89, 2009, n. 223. Disponível em: http://rbep.inep.gov.br/ojs3/index.php/rbep/article/view/3707. Acesso em: 17 jun. 2023.

FARENZENA, Nalú. Nas pegadas do salário-educação: um olhar sobre sua repartição entre esferas de governo. TEXTURA-Revista de Educação e Letras, v. 19, n. 40, 2017. Disponível em: http://posgrad.ulbra.br/periodicos/index.php/txra/article/view/3019. Acesso em: 13 jun. 2023.

MENEZES, Janaína S. da S.; DINIZ JÚNIOR, Carlos A.; SOUZA, Fábio A.; IGLESIAS, Alessandra F. Salário-Educação: mo(vi)mentos a partir da Constituição Federal de 1988. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 22, n. 00, p. e022050, 2022. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8668789. Acesso em: 05 ago. 2023.

MINAYO, Maria Cecilia de S.; SANCHES, Odécio. Quantitativo-qualitativo: oposição ou complementaridade?. Cadernos de saúde pública, v. 9, 1993, p. 237-248. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/ssm/content/raw/?resource_ssm_path=/media/assets/csp/v9n3/02.pdf. Acesso em: 14 jun. 2023.

PIRES, R. R. C. Implementando desigualdades: reprodução de desigualdades na implementação de políticas públicas. Rio de Janeiro: Ipea, 2019. Disponível em: https://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/9323/1/Implementando%20desigualdades_reprodu%C3%A7%C3%A3o%20de%20desigualdades%20na%20implementa%C3%A7%C3%A3o%20de%20pol%C3%ADticas%20p%C3%BAblicas.pdf. Acesso em: 16 jul. 2023.

SOARES NETO, Joaquim José; JESUS, Girlene Ribeiro de; KARINO, Camila Akemi; ANDRADE, Dalton Francisco de. Uma escala para medir a infraestrutura escolar. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 24, n. 54, 2013, p. 78-99. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?pid=S0103-68312013000100005&script=sci_abstract&tlng=en. Acesso em: 15 jul. 2023.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/jpe.v17i2.92351