n. 41 - ATUAÇÃO EMPRESARIAL NA EDUCAÇÃO PÚBLICA EM PAÍSES DA AMÉRICA LATINA E A MATERIALIDADE DA DISPUTA DE HEGEMONIA

Andrea do Rocio Caldas

Resumo


Este artigo tem como objetivo identificar e analisar a atuação de organizações empresariais na educação pública no Brasil, Argentina, Uruguai, Bolívia, Venezuela e Chile, inscritas na relação público-privada na educação, no contexto mais recente. Para tanto, toma como referência o conjunto de investigações que vêm sendo realizadas pelo Grupo de Pesquisa: Relações entre o Público e o Privado na Educação (GPRPPE/UFRGS), bem como, a análise de publicações das organizações empresariais nos seus sítios eletrônicos e na imprensa. As pesquisas nos países da América Latina têm apontado que a privatização ou influência do setor privado pode ocorrer de distintas formas, seja através da execução, através da venda de serviços ou da gestão das escolas, seja através   da disputa de direção sobre os conteúdos da política educacional e das escolas, bem como, a influência na elaboração de leis e regulamentações nas casas legislativas. Entende-se este processo como parte da disputa de hegemonia de concepções de sociedade, com suas decorrências para os projetos educacionais.

 

 

Palavras-chave


Parceria público-privada na educação, Gestão Educacional, Política Educacional.

Texto completo:

PDF

Referências


BALL, Stephen J. Performatividade, privatização e o pós-Estado do bem-estar. Educação & Sociedade, v. 25, n. 89, p. 1105-1126, 2004.

BALL, S.; YOUDELL. D. Hidden Privatisation in Public Education. Institute of Education, University of London. Bruxelas, 2008. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/228394301_Hidden_privatisation_in_public_education. Acesso em 28 de setembro de 2019.

BERNARDI, Liane M.; ROSSI, Alexandre J; UCZAK, Lucia H.. Do movimento Todos pela Educação ao Plano de Ações Articuladas e Guia de Tecnologias: empresários interlocutores e clientes do estado.» (PDF) XANPED SUL, Florianópolis, 2014.

BORDOLI, Eloisa; CONDE, Stefanía. El proyeto educativo conservador em Uruguay em los albores del siglo XXI: avance privatizador y tutela ministerial. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 15, p. 1-21, 2020 Disponível em: https://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa

CAETANO, Maria Raquel. Redes globais e educação: a rede latino-americana da sociedade civil para a educação- REDUCA. In: https://anpae.org.br/iberoamericano2016/publicacao/cntnt/artigos/eixo_7/E7_A22.html

CAETANO, Maria Raquel; PERONI, Vera. O público e o privado na educação: projetos em disputa? Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 9, n. 17, p. 337-352, jul./dez. 2015.

CAETANO, Maria Raquel; PERONI, Vera. BNCC: Disputa pela qualidade ou submissão da educação? RBPAE - v. 35, n. 1, p. 035 - 056, jan./abr. 2019.

CAETANO, Maria Raquel; RUIZ, Samuel; SANTOS, Arlete. Reformas educativas y redes globales para la educación latinoamericana. Revista Educação em Questão, Natal, v.58. n.56, p.1-24, abril/junho de 2020.

CALDAS, Andrea. A agenda do Golpe. In: BELMIRO, L & SILVA, M.R. Democracia em Ruínas: direitos em risco. Curitiba: CRV, 2019.

CALDAS, Andrea. A reforma educacional e o Estado em disputa. Revista Socialismo e Liberdade. Fundação Lauro Campos, dez/2016.

CARA, Daniel. O fenômeno do descumprimento do Plano Nacional de Educação. São Paulo, USP, Faculdade de Educação, 2019. (tese de doutorado)

COX, Cristian. Las políticas educacionales de Chile en las últimas dos décadas del siglo XX. Politicas Educacionales En El Cambio De Siglo: La Reforma Del Sistema Escolar En Chile. 19-113, 2003.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A “nova” fase do neoliberalismo, 29 de janeiro de 2019. Disponível em: https://outraspalavras.net/outrasmidias/dardot-e-laval-a-nova-fase-do-neoliberalismo/. Acesso em 25 de agosto de 2020.

FELDFEBER, Myriam; PUIGGROS, Adriana; ROBERTSON, Susan;

FERRETI, Celso João; SILVA, Monica Ribeiro da. Reforma do ensino médio no contexto da medida provisória n. 746/2016: Estado, currículo e disputas por hegemonia. Educ. Soc. [online]. 2017, vol.38, n.139, pp.385-404. ISSN 1678-4626.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere. Rio de Janeiro, Editora Civilização Brasileira, vol. 2, 2006.

HARVEY, David. O neoliberalismo: história e implicações. São Paulo: Loyola, 2008.

LIMA, Licínio. Privatização lato sensu e impregnação empresarial na gestão da educação pública. Currículo sem Fronteiras, vol. 18, n,1, p. 129-144, jan/abr.2018

MARTINS, Paulo Sena. A política das políticas educacionais e seus atores. Jornal de Políticas Educacionais, n. 15, jan/jun, 2014.

MARTINIS, Pablo. Disputas sobre el sentido de la educacion publica: el financiamento de la educacion publica de gestion privada em Uruguay. Revista Fineduca, volume 10, n. 17, 2020.

MARX, Karl. Prefácio à Crítica da economia política. In: MARX, K.; ENGELS, F. Textos 3. São Paulo: Edições Sociais, 1977.

MESZÁROS, Istvan. A Educação para Além do Capital. SP, Boitempo, 2008.

MOLL NETO, R. Reaganation: a nação e o nacionalismo (neo) conservador nos Estados Unidos (1981-1988). 2010. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2010.

MOURA, Eliel; NAJJAR, Jorge; CARNEIRO, Waldeck. Neoliberalização e reforma educacional: a chegada da organização Teach for America no Brasil. RBPAE, v. 35, n.2, p. 447-468, maio/agosto 2019.

OLIVEIRA, Dalila. Nova Gestão Pública e governos democrático-populares: contradições entre a busca da eficiência e a ampliação do direito à educação. Educação & Sociedade, 36(132), 625-646, 2015.

OLIVEIRA, Francisco. Brasil: uma biografia não autorizada. São Paulo: Boitempo, 2018.

ORELLANA, Victor. La persistente mercantilizacion educativa y el agotamiento del progressismo em América Latina. Lecciones del caso chileno. In: PERONI, Vera Maria Vidal; LIMA, Paula Valim de; KADER, Carolina Rosa. Redefinições das fronteiras entre o público e o privado: implicações para a democratização da educação. São Leopoldo: Oikos, 2018.

PERONI, Vera Maria Vidal. Múltiplas formas de materialização do privado na educação básica pública no Brasil: sujeitos e conteúdo da proposta. Currículo sem Fronteiras, v. 18, n. 1, p. 212-238, jan./abr. 2018. Disponível em http://www.curriculosemfronteiras.org/vol18iss1articles/peroni.pdf.

PERONI, Vera Maria Vidal. Implicações da Relação Público-privada para a Democratização da Educação. Tese para professor titular, UFRGS, 2016. Disponível em https://www.ufrgs.br/gprppe/?page_id=194%20modpluginfile.

PERONI, Vera Maria Vidal; LIMA, Paula Valim de. Políticas conservadoras e gerencialismo. PRÁXIS EDUCATIVA (UEPG. ONLINE), v.15, p.1 - 20, 2020. Disponívelhttps://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/15344

PERONI, Vera Maria Vidal; OLIVEIRA, Cristina. O marco regulatório e as parcerias público-privadas no contexto educacional. Práxis Educacional, v.15, n.31, p.38-57, jun.2019

PERONI, Vera Maria Vidal; LIMA, Paula Valim de; KADER, Carolina Rosa. Redefinições das fronteiras entre o público e o privado: implicações para a democratização da educação. São Leopoldo: Oikos, 2018.

PINTO, José Marcelino Resende. Uma análise da destinação dos recursos públicos, direta ou indiretamente, ao setor privado de ensino no Brasil. Educação & Sociedade, 37(134), 2016.

RIKOWSKI, Glenn. Privatização em educação e formas de mercadoria. Retratos da Escola, Brasília, v. 11, n. 21, p. 393-413, jul./dez. 2017.

RUIZ, Samuel Carvajal; SOCORRO, Paulina Villasmil. La educación venezolana en el contexto de desarrollo de las tensiones entre lo publico y lo privado. In: PERONI, Vera Maria Vidal; LIMA, Paula Valim de; KADER, Carolina Rosa. Redefinições das fronteiras entre o público e o privado: implicações para a democratização da educação. São Leopoldo: Oikos, 2018.

VERGER, Antoni; MOSCHETTI, Mauro; FONTDEVILA, Clara. La privatizacion educativa en America Latina: uma cartografia de políticas, tendencias y trajetórias. Internacional de la Educacion, abril de 2017.

VIOR, Susana. Privatización de la educación: el caso argentino. In: PERONI, Vera Maria Vidal; LIMA, Paula Valim de; KADER, Carolina Rosa. Redefinições das fronteiras entre o público e o privado: implicações para a democratização da educação. São Leopoldo: Oikos, 2018.

VIOR, Susana; RODRÍGUEZ, Laura. La privatización de la educación argentina: un largo proceso de expansión y naturalización. Pro-Posições, 23(2), 91–104, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/jpe.v15i0.80030

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Publicado pelo Núcleo de Políticas Educacionais (NuPE) e pela linha de pesquisa em Políticas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFPR), da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Published by Educational Policies Research Centre (NuPE) and by Educational Policy Research Group at Graduate Program in Education (PPGE / UFPR), Federal University of Paraná (UFPR), Brazil.

Publicado por el Núcleo de Política Educativa (NuPE) y por la línea de investigación en Políticas Educativas del Programa de Posgrado en Educación (PPGE / UFPR), de la Universidad Federal de Paraná (UFPR).

 Contatos: +55 41 35356264

E-mail: jpe@ufpr.br