n. 15 - O PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS E SUAS INFLUÊNCIAS NA GESTÃO DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL: UM ESTADO DO CONHECIMENTO

Silvana Maria Tres Cichelero, Elisiane Machado Lunardi

Resumo


Este estudo está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Gestão Educacional, desenvolvido pelo grupo de Pesquisas REDES/CNPQ, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). É caracterizado como estado do conhecimento, e tem como objetivo inteirar-se dos estudos realizados referente ao Plano de Ações Articuladas e a Gestão da Educação Municipal a partir de sua implementação. Foi elencando como corpus textual, a BDTD (IBICT). Os descritores da pesquisa são: Plano de Ações Articuladas, Gestão da Educação Municipal, Gestão Democrática e Financiamento da Educação. Foram encontrados 25 trabalhos diferentes. Sendo que, duas dissertações e uma tese correspondiam ao tema investigado, por isso foram analisados aprofundadamente. O estudo está fundamentado em uma abordagem quanti-qualitativa, definido como exploratório, descritivo e explicativo. Para o tratamento dos dados foi utilizada a análise de conteúdo. O desenvolvimento deste estudo permitiu acessar conhecimentos já construídos sobre o tema de pesquisa, possibilitando concluir que o Plano de Ações Articuladas se configura em uma tentativa de efetivar o regime de colaboração entre os entes federados. Contudo, pela forma centralizadora como foi projetado, implantado e implementado, acabou por consolidar-se em um mecanismo híbrido de gestão. Pois quem planeja e determina os meios para sua efetivação é a esfera federal, sem considerar a especificidades das demais esferas, cabendo a elas, a execução e responsabilidade pelas ações.


Palavras-chave


Plano de Ações Articuladas, Gestão da Educação Municipal, Gestão Democrática, Regime de Colaboração.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, C.A. Colaboração intergovernamental ou indução de ações pela União? analisando a implementação do Plano de Ações Articuladas (PAR) em municípios do Agreste de Pernambuco. 2013. 154 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2013. Programa de Pós-Graduação em Educação Disponível em: < https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12859> Acesso em: mar. 2018.

BARLETA, I. A. A gestão educacional no plano de ações articuladas do município de Macapá-AP: concepções e desafios. 2015. 218 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Educação. Disponível em: Acesso em: mar. 2018.

MOROSINI, M.C. e FERNANDES, C. M. B. Estado do Conhecimento: conceitos, finalidades e interlocuções. Educação por Escrito, Porto Alegre, v. 5, n.2, p.154-164, jul.-dez.2014. Disponível em: < file:///C:/Users/User/Downloads/18875-77496-1-PB.pdf> Acesso em: mar. 2018.

OLIVEIRA, E. et. al. Análise de Conteúdo e Pesquisa na Área da Educação. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v.4, n.9, p.11-27, maio. /ago. 2003.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educacional, v. 6, n. 19, p. 37-50, set./dez., 2006.

SOUSA, R. O plano de ações articuladas e a gestão educacional do município de Altamira-Pará. 2015. 196 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Educação. Acesso em: mar. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/jpe.v13i0.64117

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Publicado pelo Núcleo de Políticas Educacionais (NuPE) e pela linha de pesquisa em Políticas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFPR), da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Published by Educational Policies Research Centre (NuPE) and by Educational Policy Research Group at Graduate Program in Education (PPGE / UFPR), Federal University of Paraná (UFPR), Brazil.

Contatos: +55 41 35356264

E-mail: jpe@ufpr.br