FATORES MOTIVACIONAIS À VISITAÇÃO DE ÁREAS VERDES- ESTUDO DE CASO: JARDIM BOTÂNICO DE CURITIBA, PARANÁ, BRASIL

Raquel Ribeiro de Souza Silva, Daniela Biondi

Resumo


A análise das motivações dos indivíduos constitui-se em uma importante ferramenta para avaliação e aprimoramento da experiência turística. O objetivo geral desta pesquisa foi verificar a motivação de visita no atrativo mais visitado da cidade de Curitiba, o Jardim Botânico, considerando o perfil motivacional de seus usuários e a possível relação com as estações do ano. Os métodos utilizados foram aplicação de questionário in loco composto por perguntas relacionadas à idade, ao gênero, ao nível de escolaridade, a região geográfica de procedência e se o motivo de visita ao atrativo era a prática de turismo, lazer, pesquisa ou outros não listados no questionário. A aplicação aconteceu durante duas semanas nos meses de maio, julho, outubro e dezembro de 2011, sendo que cada um destes meses representaram uma estação do ano. As coletas foram assim distribuídas com intuito de verificar se há significativas alterações no perfil motivacional da demanda entre uma estação e outra. O resultado encontrado foi que as características predominantes dos usuários do Jardim Botânico de Curitiba encontradas nesta pesquisa foram: gênero feminino; faixa etária de 19 a 30 anos; nível médio de escolaridade; origem geográfica de outro estado; e motivação de viagem o lazer. Independentemente das estações do ano a origem geográfica dos usuários da área de estudo, foi o fator determinante para estabelecer o lazer como principal motivador de visitação, pois os residentes da cidade de Curitiba são os que mais utilizam o Jardim Botânico, com finalidade de lazer, enquanto que os usuários do atrativo provenientes de outros estados e cidades brasileiras e outros países afirmaram ser o turismo a motivação da visita. 


Palavras-chave


Turismo. Motivação. Atrativo turístico.

Texto completo:

Artigo Autorização


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v7i2.27065

Revista Geografar ISSN: 1981-089X