A INTERNACIONALIZAÇÃO DA ECONOMIA URBANA:UMA ANÁLISE DO SETOR HOTELEIRO DE CURITIBA – PR

DIANI EIRI CAMILO MOSSATO

Resumo


A presença nas cidades de novas atividades de comércio e serviços especializados voltados principalmente à demanda das empresas globais, característica da internacionalização da economia, se apresenta como aspecto significativo para a atual reestruturação do espaço urbano, desencadeando a acentuação do uso seletivo do solo e a emergência de novas centralidades ou centros de consumo de bens e serviços de padrão diferenciado. Neste contexto, o presente estudo se propõe a compreender como esta dinâmica se materializa na cidade de Curitiba, verificando os fatores que contribuíram para a sua efetivação, bem como as principais transformações a ela associadas, em especial a ascensão de uma nova centralidade para a cidade ou de um centro de consumo de bens e serviços com padrão de qualidade internacional, qual seja, o bairro Batel.

Palavras-chave


Internacionalização; Curitiba; economia urbana; setor hoteleiro

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v2i2.12102



Revista Geografar ISSN: 1981-089X