Open Journal Systems

Competências interprofissionais: vivências no programa de educação pelo trabalho para a saúde.

Mariana Souza Batista, Jocellem Alves de Medeiros, Edinara Lima de Oliveira, Delayne Azevedo de Oliveira Alexandre, Luciana Fernandes de Medeiros, Ligia Rejane Siqueira Garcia

Resumo


O objetivo deste artigo foi relatar as experiências dos discentes e preceptores que compõem o grupo de Saúde Mental do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) sobre a Educação Interprofissional. O principal direcionamento dessa experiência foi a análise do trabalho em equipe e da clareza de papéis como competências interprofissionais em serviços de saúde de uma cidade do interior potiguar. Na atual edição, esse programa insere-se na Universidade Federal do Rio Grande do Norte com o intuito de proporcionar aos discentes, docentes e profissionais de diferentes campos da saúde vivências relacionadas à interprofissionalidade. Para isso, o grupo realizou visitas a serviços de atenção primária e secundária do Sistema Único de Saúde (SUS), utilizando métodos de observação do cotidiano, diálogos com os profissionais e um estudo contextual. A experiência revelou desafios pertinentes à dinâmica de trabalho das equipes como o número reduzido de profissionais, resistência destes em realizar atividades comuns ao exercício profissional dos demais integrantes, estereótipos acerca das funções dos trabalhadores, dificuldades em relação à comunicação, planejamento e discussão de casos e, por fim, uma assistência psicossocial focada na renovação de receitas dos medicamentos com pontuais interconsultas. Em apenas um desses estabelecimentos, a atenção centrada no usuário e a comunicação efetiva foram melhor percebidas. Com tais resultados, a necessidade da inserção e discussão da interprofissionalidade na realidade desses contextos foi reafirmada. Apoiado na luta pelo rompimento da assistência fragmentada, o PET-Saúde apresentou aos participantes uma nova maneira de atuação, proporcionando, assim, uma maior visibilidade das competências interprofissionais.

Palavras-chave


Educação Interprofissional. Prática Profissional. Atenção à Saúde.

Texto completo:

PDF

Referências


BARR, H. et al. Effective interprofessional education: argument, assumption and evidence (promoting partnership for health). John Wiley & Sons, 2008.

BATISTA, R. E. A.; PEDUZZI, M. Prática interprofissional colaborativa no serviço de emergência: atribuições privativas e compartilhadas dos fisioterapeutas. Interface (Botucatu), Botucatu , v. 22, supl. 2, p. 1685-1695, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832018000601685&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 09 nov. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria nº 421, de 03 de março de 2010. Institui o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET Saúde) e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Edital nº10, 23 de julho de 2018 - Seleção para o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde PET-Saúde/Interprofissionalidade. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 23 jul. 2018.

CECCIM, R. B. Conexões e fronteiras da interprofissionalidade: forma e formação. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 22, supl. 2, p. 1739-1749, 2018. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832018000601739&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 09 nov. 2020.

COSTA, M. V. A educação interprofissional no contexto brasileiro: algumas reflexões. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 20, n. 56, pág. 197-198, março de 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832016000100197&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 22 nov. 2020.

COSTA, R. K. S.; ENDERS, B. C.; MENEZES, R. M. P. Trabalho em equipe de saúde: uma análise contextual. Ciência, Cuidado e Saúde, [S.L.], v. 7, n. 4, p. 530-536, 18 mar. 2009. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/6670. Acesso em: 12 nov. 2020

CUFF, P. et al. Interprofessional education for collaborative practice: views from a global forum workshop. Journal Of Interprofessional Care, [S.L.], v. 28, n. 1, p. 2-4, 2014. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24000878/. Acesso em: 12 nov. 2020.

FERLA, A. A.; TOASSI, R. F. C. Formação interprofissional em saúde: um caminho a experimentar e pesquisar. In: TOASSI, R. F. C. Interprofissionalidade e formação na saúde: onde estamos?. Porto Alegre: Rede Unida, 2017. p. 7-13.

FILHO, J. R. F.; SILVA, C. B. G. Educação e prática interprofissional no SUS: o que se tem e o que está previsto na política nacional de saúde. In: TOASSI, R. F. C. Interprofissionalidade e formação na saúde: onde estamos?. Porto Alegre: Rede Unida, 2017. p. 28-39.

Interprofessional Education Collaborative Expert Panel (IPEC). Core competencies for interprofessional collaborative practice: Report of an expert panel. Washington, DC: Interprofessional Education Collaborative, 2011.

MALLMANN, F. H.; TOASSI, R. F. C. Educação e trabalho interprofissional em saúde no contexto na Atenção Primária no Brasil: Análise da produção científica de 2010 a 2017. Saberes populares: Educação na Saúde, v. 3, n. 1, p. 70-84, 2019. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/saberesplurais/article/view/91962. Acesso em: 11 nov. 2020.

MAYNART, W. H. C. et al. A escuta qualificada e o acolhimento na atenção psicossocial. Acta paul. enferm. São Paulo, v. 27, n. 4, p. 300-304, Ago. 2014. Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002014000400003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 25 nov. 2020.

MITCHELL, R. et al. Review: Toward realizing the potential of diversity in composition of interprofessional health care teams: an examination of the cognitive and psychosocial dynamics of interprofessional collaboration. Med Care Res Rev., v. 67, n. 1, p. 3-26, 2010. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/26674051_Review_Toward_Realizing_the_Potential_of_Diversity_in_Composition_of_Interprofessional_Health_Care_Teams_An_Examination_of_the_Cognitive_and_Psychosocial_Dynamics_of_Interprofessional_Collaboration. Acesso em: 25 nov. 2020.

PUENTE, P K.; ALBUQUERQUE, F. J. Grupos e equipes de trabalho nas organizações. In: Zanelli, J.C.; BORGES, J. E. A.; BASTOS, A. V. Psicologia, organizações e trabalho no Brasil. Porto Alegre: Artmed., 2014. p. 385-408.

PEDUZZI, M. Educação interprofissional para o desenvolvimento de competências colaborativas em saúde. In TOASSI, R. F. C. Interprofissionalidade e formação na saúde: onde estamos?. Porto Alegre: Rede Unida, 2017. p. 40-48.

PEDUZZI, M.; AGRELI, H. F. Trabalho em equipe e prática colaborativa na Atenção Primária à Saúde. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 22, supl. 2, p. 1525-1534, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832018000601525&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 25 nov. 2020.

PREVIATO, G. F.; BALDISSERA, V. D. A. A comunicação na perspectiva dialógica da prática interprofissional colaborativa em saúde na Atenção Primária à Saúde. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 22, supl. 2, p. 1535-1547, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832018000601535&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 25 nov. 2020.

REEVES, S. et al. A BEME systematic review of the effects of interprofessional education: BEME Guide No. 39. Medical teacher, v. 38, n.7, p. 656–668, 2016. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27146438/. Acesso em: 28 nov. 2020.

REEVES, S. et al. The effectiveness of interprofessional education: key findings from a new systematic review. Journal of interprofessional care, v. 24, n. 3, p. 230-241, 2010. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/20178425/. Acesso em: 28 nov. 2020.

SANTANA, D.; DA SILVA, M. A percepção de estudantes da área da saúde sobre o trabalho interdisciplinar: Experiência no projeto de extensão Sorriso de Plantão. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 11, n. 1, p. 13-24, 5 mar. 2020. Disponível em: https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/RBEU/article/view/10753. Acesso em: 09 nov. 2020

SANTOS, G. M.; BATISTA, H. S. S. Docência, Pró-Saúde e PET-Saúde: narrativas de um fazer interprofissional. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 22, supl. 2, p. 1589-1600, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832018000601589&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 28 nov. 2020.

WETZEL, C. et al. Análise sobre a formação interprofissional em serviço em um Centro de Atenção Psicossocial. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 22, supl. 2, p. 1729-1738, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832018000601729&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 25 nov. 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ef.v0i26.78766