ENTRE A PRESENÇA E A AUSÊNCIA: A JUSTIÇA SEGUNDO OS TRABALHADORES DE UM BAIRRO PERIFÉRICO

Hermes da Fonseca

Resumo


O texto aborda as representações que os moradores de um bairro periférico da cidade de Franca, em São Paulo, têm da justiça estatal em seu segmento trabalhista. A primeira parte da exposição contextualiza a temática na realidade brasileira atual, passando em seguida à consideração da especificidade estudada. Estudo teórico-prático, o texto se insere nas discussões sobre os obstáculos ao acesso à Justiça, cingindo-se aos empecilhos de natureza social e cultural, parcamente estudados em nosso país, onde se tem priorizado o estudo das barreiras de natureza econômica. Embora esses obstáculos se encontrem inter-relacionados, será priorizado o aspecto sociocultural de uma comunidade urbana periférica.

Palavras-chave


Acesso à justiça; História oral; Justiça do trabalho; Trabalhadores; Franca

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rfdufpr.v43i0.7014

Revista da Faculdade de Direito UFPR. ISSN: 0104-3315 (impresso) 2236-7284 (eletrônico).