A SELETIVIDADE DO SISTEMA PENAL E A QUESTÃO DE GÊNERO COMO COLABORADORAS DA REINCIDÊNCIA FEMININA

Shirley Silveira Andrade, Giselle da Conceição Freitas

Resumo


Este trabalho é resultado de uma pesquisa que está sendo realizada desde junho de 2004 na Colônia Penal Feminina do Recife. Tem como objeto as causas da reincidência feminina das internas que cumprem pena nesta instituição de junho a dezembro de 2004. Partimos da hipótese de que as causas de reincidência criminal do nosso sujeito se dão pelo sistema penal ser seletivo, já que o grupo que está na prisão é o pobre, como também a atitude dessas mulheres é influenciada pela relação de poder que há entre elas e seus companheiros. De acordo com os resultados obtidos, estamos confirmando a primeira hipótese haja vista a população carcerária ser composta quase totalmente pela classe menos favorecida. Quanto à segunda hipótese, será verificada junto com as entrevistas, mas já há alguns dados nos prontuários que revelam a relação entre a reincidência criminal feminina e seus companheiros.

Palavras-chave


Reincidência; Gênero; Seletividade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rfdufpr.v43i0.7011

Revista da Faculdade de Direito UFPR. ISSN: 0104-3315 (impresso) 2236-7284 (eletrônico).