SAGRADO, PROFANO, PÚBLICO E PRIVADO: DIMENSÕES DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EVANGELIZAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Fernando de Castro Fontainha, Pedro Heitor de Barros Geraldo

Resumo


O trabalho se pretende à formulação de uma hipótese: a de que está ocorrendo uma sacralização do espaço público e paralelamente uma laicização da religião no Estado do Rio de Janeiro. Nesta perspectiva, é necessário o cotejo de duas concepções de cidadania: uma universalizante, própria de um espaço público laico, e outra fragmentária, peculiar a um espaço público pluralista, onde se embatem diversas identidades.

Palavras-chave


Cidadania e Identidade; Privatização do Espaço Público; Laicização dos Fenômenos Religiosos; Sociologia da Religião; Sociologia da Política

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rfdufpr.v43i0.7006

Revista da Faculdade de Direito UFPR. ISSN: 0104-3315 (impresso) 2236-7284 (eletrônico).