SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO: EMANCIPAÇÃO OU SUBORDINAÇÃO?

Eduardo Faria Silva

Resumo


A proposta de análise busca elucidar o alcance dos objetivos prescritos na legislação que instituiu o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, principalmente no tocante à formação do trabalhador em cooperativa. Trabalha-se, assim, com a dissociação entre o pensamento cooperativista e o capitalista, em especial no que se refere ao indivíduo subordinado e aos aparelhos ideológicos de formação, normalização e disciplina para o trabalho.

Palavras-chave


Direito cooperativo; Sistema Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo; Sociedade Disciplinar

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rfdufpr.v43i0.6996

Revista da Faculdade de Direito UFPR. ISSN: 0104-3315 (impresso) 2236-7284 (eletrônico).