SUJEITO E DIREITO: SUBJETIVIDADE NA MODERNIDADE E O PAPEL DA LEI

Crishna Mirella de Andrade Correa

Resumo


O sujeito, a vida natural relacionada à política e o espaço da subjetividade são questões recorrentes na filosofia do sujeito contemporânea. As transformações ocorridas na modernidade fizeram com que o sujeito imergisse num caos referencial. Cada vez mais, o universo simbólico do homem foi sofrendo destituições a ponto de, contemporaneamente, com todo o avanço das discussões acerca da subjetividade, ainda não ser possível definir com clareza quem é o sujeito “pós-moderno” e apontar saídas possíveis para sua crise. O direito, na forma da lei, apresenta-se como um garantidor dessa situação de perda de identidade do sujeito, impondo-se como uma barreira à conscientização e à recuperação das referências culturais do homem.

Palavras-chave


Sujeito; Identidade; Modernidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rfdufpr.v43i0.6990

Revista da Faculdade de Direito UFPR. ISSN: 0104-3315 (impresso) 2236-7284 (eletrônico).