Open Journal Systems

VIOLÊNCIA CONTRA PESSOA IDOSA: ANÁLISE DA CONSISTÊNCIA INTERNA DE INSTRUMENTOS

Renata Clemente dos Santos Rodrigues, Gleicy Karine Nascimento de Araújo-Monteiro, Emanuella de Castro Marcolino, Bárbara Maria Lopes da Silva Brandão, Lindemberg Arruda Barbosa, Ronei Marcos de Moraes, Rafaella Queiroga Souto

Resumo


Objetivo: avaliar a consistência interna de instrumentos utilizados no Brasil para mensuração de situações de violência contra pessoa idosa em dois estados.

Método: estudo de corte transversal, desenvolvido com 481 idosos, em duas amostras, estados e recorte temporal diferentes. Foram aplicados dois instrumentos de mensuração de violência contra pessoa idosa. Os dados foram analisados, e a consistência interna entre os itens foi medida pelo coeficiente de Alfa de Cronbach. 

Resultados: o Hwalek-Sengstock Elder Abuse Screening Test apresentou o coeficiente de α = 0,08 para amostra coletada na Paraíba, enquanto, em Pernambuco, foi α = 0,57. A Conflict Tactics Scale apresentou alta precisão para definição da violência com coeficiente de α = 0,81 e α = 0,80 para as duas amostras.

Conclusões: apenas a Conflict Tactics Scale apresentou-se confiável e estável para determinação da violência de natureza física e psicológica entre idosos, contribuindo assim, como uma possibilidade de desvelar o fenômeno.


Palavras-chave


Reprodutibilidade dos Testes; Confiabilidade dos Dados; Pesquisa Metodológica em Enfermagem; Enfermagem Forense; Maus-tratos ao idoso.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)