Open Journal Systems

A CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE NA PERSPECTIVA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM

Brenda de Araújo Lopes, Mayara Carolina Cañedo, Nivea Lorena Torres, Thiago Inácio Barros Lopes, Maria Aparecida Munhoz Gaíva

Resumo


Objetivo: identificar o conhecimento da equipe de enfermagem sobre a segurança do paciente e a ocorrência de eventos adversos em Pronto Atendimento Médico.

Método: estudo transversal, quantitativo, desenvolvido em hospital de ensino da região Centro-Oeste do Brasil. Foi realizado com profissionais de enfermagem por meio de um questionário online contendo questões relacionadas à segurança do paciente, aplicado em setembro de 2021. A análise dos dados foi descritiva.

Resultado: Noventa profissionais participaram do estudo, sendo 28(31,1%) enfermeiros e 62(68,9%) técnicos de enfermagem. Na avaliação dos itens do questionário, o melhor índice de acerto foi sobre higienização das mãos 84(93,3%), o pior item avaliado foi protocolo de identificação do paciente 45(50%). A lesão por pressão foi apontada como o evento adverso mais frequente 28(33%).

Conclusão: os resultados evidenciam que a educação permanente é fundamental para os profissionais aplicarem as metas internacionais de segurança do paciente na prática. 


Palavras-chave


Cultura organizacional; Segurança do paciente; Enfermagem; Eventos Adversos; Hospitais.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/ce.v28i0.86111