MÍNIMO PRODUTO VIÁVEL PARA APLICATIVO DE APOIO: GESTÃO DO CUIDADO DE ENFERMAGEM À PELE DO IDOSO

Francisco Reis Tristão, Juliana Balbinot Reis Girondi, Mônica Stein, Lúcia Nazareth Amante, Ana Graziela Alvarez, Katheri Maris Zamprogna, Leonardo Reis Tristão

Resumo


Objetivo: descrever as etapas de construção de um Mínimo Produto Viável para aplicativo de apoio à decisão a enfermeiros para prevenção, diagnóstico de enfermagem e tratamento de lesão por fricção/pressão em idosos.
Método: estudo qualitativo com produção tecnológica pelo método Lean Startup. Realizou-se investigação qualitativa em um município do Sul do Brasil e revisão integrativa para definição de conteúdo. Produto desenvolvido em formato Hyper Text Markup Language, por meio da ferramenta Net Beans. Aplicado Teste de Usabilidade.
Resultados: participaram 25 enfermeiros. As funcionalidades foram organizadas em mapa de navegação contendo caixas de seleção para fatores de risco e plano de cuidados, diagnósticos de enfermagem, estadiamento das lesões e sugestões de tratamento. Após teste de usabilidade, identificou-se necessidade de ajustes no conteúdo e funcionalidades, que foram corrigidos, originando versão final.
Conclusão: o modelo constitui uma proposta factível à tomada de decisão de enfermagem, permitindo julgamento crítico, fundamentado em achados clínicos.


Palavras-chave


Cuidados de Enfermagem; Idoso; Pele; Ferimentos e Lesões; Inovação.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v26i0.74473 ';



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536