PLANEJAMENTO OPERACIONAL DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19: COMPARAÇÃO ENTRE RECOMENDAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE E O PLANO DE CONTINGÊNCIA NACIONAL

Nila Larisse Silva de Albuquerque

Resumo


Objetivo: frente à divulgação do guia COVID-19 - Operational Planning Guidelines to Support Country Preparedness and Response, pela Organização Mundial da Saúde, esta comunicação buscou comparar o conteúdo do Plano de Contingência Nacional às orientações da Organização Mundial da Saúde.
Desenvolvimento: Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2 (SARS-Cov2), causador da COVID-19, apresenta transmissão comunitária sustentada no Brasil desde março de 2020. O país lançou seu Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo novo Coronavírus COVID-19, em fevereiro de 2020, no intuito de orientar a resposta nacional de combate à doença.
Conclusão: o documento brasileiro atende parcialmente às recomendações do guia internacional e concentra suas principais lacunas nos pilares sobre pontos de entrada, prevenção e controle da infecção por SARS-CoV-2 COVID-19 em equipamentos de saúde e espaços comunitários, manejo de casos suspeitos e confirmados e suporte operacional e logístico.


Palavras-chave


Planejamento Operacional; Organização Mundial da Saúde; Pandemias.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v25i0.72659 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133