ANÁLISE DE CIRCUNSTÂNCIAS NOTIFICÁVEIS: INCIDENTES QUE PODEM COMPROMETER A SEGURANÇA DOS PACIENTES

Marcella Rarumi Sagawa, Ana Elisa Bauer de Camargo Silva, Juliana Carvalho de Lima, Ana Lúcia Queiroz Bezerra, Natália Nunes Costa, Maiana Regina Gomes de Sousa, Fernanda Raphael Escobar Gimenes

Resumo


Objetivo: identificar os incidentes do tipo circunstância notificável ocorridos em um hospital de
ensino de Goiás.
Método: estudo descritivo, transversal, de análise retrospectiva de relatórios da equipe de
enfermagem da unidade de clínica médica, entre janeiro de 2010 e dezembro de 2015. Os dados
foram coletados e registrados em instrumento semiestruturado e procedeu-se à análise descritiva.
Resultados: foram encontradas 2.718 circunstâncias notificáveis, das quais 1.100 (40,5%) estavam
relacionadas a Recursos/Gestão Organizacional, 844 (31,1%) a Dispositivos/Equipamentos Médicos,
270 (9,9%) a Documentação, 262 (9,6%) a Infraestrutura/Instalações, 109 (4,0%) a Comportamento,
80 (3,0%) a Medicações/Fluidos Endovenosos, 28 (1,0%) a Sangue/Hemoderivados, 17 (0,6%) a
Dieta/Alimentação.
Conclusão: o estudo permitiu identificar alta frequência de situações com potencial para gerar
danos aos pacientes internados, demonstrando fragilidades organizacionais e assistenciais que
precisam ser discutidas pela gestão, de modo a promover melhorias no processo de cuidado e
prevenção da ocorrência de incidentes.


Palavras-chave


Segurança do Paciente; Gestão de Riscos; Qualidade da Assistência à Saúde; Gestão da Qualidade; Cuidados de Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v24i0.61984 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133