FATORES ASSOCIADOS À PRESSÃO ARTERIAL INADEQUADA DE PESSOAS COM HIPERTENSÃO

Anderson da Silva Rêgo, Victória dos Santos Laqui, Fernanda Gatez Trevisan, André Estevam Jaques, Rosana Rosseto de Oliveira, Cremilde Aparecida Trindade Radovanovic

Resumo


Objetivo: avaliar os fatores associados à pressão arterial inadequada em pessoas com hipertensão acompanhadas pela Estratégia Saúde da Família. Método: estudo transversal, realizado com 417 pessoas, no município de Maringá, Paraná. A coleta de dados foi realizada no primeiro semestre de 2016, por meio do instrumento satisfação do usuário com hipertensão arterial com os serviços prestados pela Atenção Primária à Saúde, utilizando as questões referentes ao perfil sociodemográfico, nutricional e clínico. Na análise dos dados, aplicou-se estatística descritiva e inferencial. Resultados: a maioria dos entrevistados, 62,4% era idoso, 67,8% do sexo feminino e 55,2% aposentado/pensionista. Houve associação da pressão arterial inadequada com pessoas de idade superior a 59 anos, aposentados/pensionistas, moderadamente ativos, não praticantes de atividades físicas e fragilidade nas orientações sobre a doença. Conclusão: os resultados sinalizam a necessidade de reorganização do processo de trabalho, com o fortalecimento das orientações e educação em saúde às pessoas com hipertensão arterial.


Palavras-chave


Hipertensão; Fatores de risco; Prevenção de doenças; Estratégia Saúde da Família; Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i1.54087 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133