AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE PACIENTES COM CÂNCER EM ATENDIMENTO AMBULATORIAL

Fabiana Meneghetti Dallacosta, Tainara Aparecida Carneiro, Suzimara Ferreira Velho, Carina Rossoni, Antuani Rafael Baptistella

Resumo


Objetivou-se analisar o aspecto nutricional de pacientes oncológicos em atendimento ambulatorial, em Joaçaba-SC. Estudo transversal, que utilizou a avaliação subjetiva global produzida pelo paciente e questionário de consumo alimentar, do Ministério da Saúde. Participaram 70 pacientes, idade média 60,3±13,9 anos, 38 (54,3%) homens, 57 (81,4%) sem acompanhamento nutricional, 48 (68,6%) com alimentação regular, 16 (22,9%) alimentação adequada e seis (8,6%) boa alimentação. O fumo teve associação com câncer de pulmão e orofaringe e o consumo de carne com câncer de intestino. A redução de peso foi elevada, 36 (52,2%) reduziram mais de 5% do peso corporal. Pessoas bem nutridas reduziram menos o peso comparado às desnutridas, tiveram melhor aceitação da dieta e menos queixas alimentares. Desnutridos totalizaram 58 indivíduos (83%), todos em estágio avançado da doença. A desnutrição teve elevada prevalência neste estudo, devendo ser implantadas estratégias de acompanhamento eficazes com equipe multiprofissional para melhorar o tratamento nutricional desta população.


Palavras-chave


Desnutrição; Oncologia; Avaliação nutricional; Serviço hospitalar de nutrição; Nutrição de grupos de risco.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i4.51503 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133