Open Journal Systems

ACUPUNTURA E AURICULOTERAPIA COMO MÉTODOS NÃO FARMACOLÓGICOS DE ALÍVIO DA DOR NO PROCESSO DE PARTURIÇÃO

Fabiane Cherobin, Arnildes Rodrigues Oliveira, Ana Maria Brisola

Resumo


O processo de parturição correlaciona as alterações fisiológicas a sentimentos e a valores socioculturais. A dor é um dos importantes sinais nesse processo. Porém, se não controlada, pode causar inúmeros efeitos colaterais indesejados. Para minimizá-los, métodos não farmacológicos podem atuar no alívio da dor. Assim, o objetivo desta pesquisa foi analisar os resultados da acupuntura e auriculoterapia como controle da dor, por meio de pesquisa convergente assistencial, entre junho e setembro de 2015. Concordaram em participar do estudo 19 parturientes admitidas em trabalho de parto no centro obstétrico de uma maternidade pública de Santa Catarina. Os resultados demonstraram que n=15 (79%) das mulheres obtiveram alívio da dor nos primeiros 30 minutos de tratamento. Os resultados desta pesquisa trazem animadoras perspectivas para a assistência ao trabalho de parto por se tratarem de métodos de baixo custo e seguros, aumentando o número de alternativas não farmacológicas para as parturientes.

Palavras-chave


Acupuntura; Auriculoterapia; Analgesia; Trabalho de parto; Dor.

Texto completo:

PDF PDF (English)